Blog das convidadas

Leticia Homsi

As convidadas 1/3

Sou formada em Negócios da Moda e até já trabalhei na área, para a grife Carlos Miele. Porém, acabei virando repórter de beleza após fazer um estágio na revista ESTILO. Foi nessa época, em 2010, que me dei conta de como já era encantada pelo mundo da beauté. Sempre gostei de testar técnicas para fazer penteados ou maquiagem sozinha, em casa, e há muito tempo sou apaixonada por esmaltes, produtos para o cabelo, lápis, delineador e máscara para cílios. Depois da experiência na ESTILO, escrevi para outras revistas, como ELLE, CLAUDIA e GLOSS. Hoje, cuido do departamento de marketing e sou social media manager de um recém-criado e-commerce de beleza, o Pop Make Up, e continuo colaborando para algumas revistas femininas. Aqui, vou mostrar novidades em serviços e produtos da minha terrinha, São José do Rio Preto – onde fico a maior parte do tempo –, além de contar minhas impressões sobre os lançamentos mais recentes.

Velvetines da Lime Crime: os lip stains que você precisa conhecer

Por Leticia Homsi em 04/02 | 1 |

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-leticia-homsi-produto-velvetines-lime-crime-lip-stain

Um dos meus produtinhos de beleza favoritos é o tema do post de hoje: o Velvetine, lip stain da Lime Crime.  Meu primeiro contato com esse produto foi no começo de 2014, quando, procurando cosméticos gringos bacanas online, conheci a Lime Crime – uma marca já comentadíssima na blogosfera. Me joguei e comprei as 3 cores disponíveis na época, Red Velvet, Suedeberry e Pink Velvet, e fui contaminada: passei a fazer parte da turma que considera estes aqui os mais incríveis do planeta.

Para iniciar você que ainda não conhece nem a marca, muito menos o produto, vou contar um pouquinho da sua história. A Lime Crime foi fundada em 2008 por  Doe Deere. Essa artista multiperformática russa cresceu nos EUA e já teve banda, é maquiadora, fashionista loucurete (muda cor dos cabelos conforme a estação), blogueira, CEO da empresa e figurinha badalada no Instagram (@doedeere). A marca surgiu de seu imaginário riquíssimo e mais colorido que o arco-íris, com o propósito de criar cores suuuper pigmentadas, supervibrantes e com duração absurda. Tudo isso para que as mulheres pudessem se expressar e reforçar sua individualidade de uma forma intensa, exótica e única. O unicórnio, que está no brasão da marca, simboliza essa proposta. Outro ponto bacana é que os cosméticos são vegan (já ganharam mais estrelinhas da gente!).

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-leticia-homsi-produto--velvetines-lime-crime-lip-stain-cores-de-linha

Agora você deve ter ficado curiosa pra saber dos produtinhos, não?? De quando a descobri para cá, mais sete cores de Velvetines foram lançadas. Retomando, as precursoras são a  Red Velvet (o vermelho mais desejado pelos fãs – daqueles que não podem faltar no arsenal de beleza), a Suedeberry (um vermelho quase laranja) e a  Pink Velvet (pink chiclete vibrante). Na coleção Gothatines, lançada ainda no primeiro sementre de 2014, os tons, de inspiração gótica, são o Wicked (vermelho-vinho), o Salem (marrom) e o Black Velvet (preto preto pretinho pra você soltar seu lado mais bruxa de ser). Em agosto foi lançada o  Utopia, que seguiu a vibe do Radiant Orchid, aquele roxinho fuchsia MA-RA-VI-LHO-SO que a Pantone promoveu como cor do ano de 2014. E bem no finalzinho do ano foram apresentados o Pansy, um roxo azulado, e o Cashmere, um nude-acinzentado.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-leticia-homsi-produto--velvetines-lime-crime-lip-stain-lançamentos

Em breve chegará ao site o Riot – ele já aparece lá, mas ainda não está liberado para compra. Tem uma nuance puxada para a Marsala, a cor escolhida pela Pantone para 2015 (dá para vê-la na foto acima junto com a Pansy e a Cashmere).

São dez cores do badalo pra quem gosta de se jogar na ousadia. Ok, mas qual  o segredinho para aplicá-los? Eles são beeeem líquidos, comparados a outros produtos similares (tenho alguns Velvet Lip Lacquer da MUAMake Up Academy, e eles são bem mais espessos), e muita gente reclama que são difíceis de lidar com, mas eu não acho, não. O jeito mais fácil é fazer o contorno dos lábios (com o próprio aplicador) e só então preenchê-los por inteiro. Aguarde dois minutinhos para o produto secar e, voilà, ready to go and shine!

Se você errou no desenho e espalhou produto além da linha da boca, basta usar seu corretivo para apagar a mancha.  Eles são a prova de beijo, de calor e de guardanapo (wow!). Só vão precisar de retoque se você ficar bebericando a noite toda. Ao chegar em casa, vai precisar de um booom e poderoso demaquilante para retirá-lo e, mesmo assim vai ver que a boca ainda fica com o fundo da cor aplicada (dica: passar muito hidratante labial antes de dormir e mais demaquilante no dia seguinte vai ajudar a completar a missão).

Agora você já quer??? A Lime Crime ainda não tem loja física, só online. Tem alguns revendedores autorizados ao redor do mundo. E sim, o site entrega pro mundo todo, basta ter cartão de crédito internacional. E, também demora um booom tempinho pra chegar, de dois a 3 meses. Para encurtar essa distância, várias lojinhas online vendem aqui no Brasil (uma pesquisa online rápida já traz os endereços). Os preços variam de R$ 90 a R$ 129.

 Fotos: divulgação

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários