Blog das convidadas

Leticia Homsi

As convidadas 1/3

Sou formada em Negócios da Moda e até já trabalhei na área, para a grife Carlos Miele. Porém, acabei virando repórter de beleza após fazer um estágio na revista ESTILO. Foi nessa época, em 2010, que me dei conta de como já era encantada pelo mundo da beauté. Sempre gostei de testar técnicas para fazer penteados ou maquiagem sozinha, em casa, e há muito tempo sou apaixonada por esmaltes, produtos para o cabelo, lápis, delineador e máscara para cílios. Depois da experiência na ESTILO, escrevi para outras revistas, como ELLE, CLAUDIA e GLOSS. Hoje, cuido do departamento de marketing e sou social media manager de um recém-criado e-commerce de beleza, o Pop Make Up, e continuo colaborando para algumas revistas femininas. Aqui, vou mostrar novidades em serviços e produtos da minha terrinha, São José do Rio Preto – onde fico a maior parte do tempo –, além de contar minhas impressões sobre os lançamentos mais recentes.

Camuflagem Makiê: a maquiagem nota 10 made in Noroeste Paulista

Por Leticia Homsi em 08/02 | 0 |

Já faz algum tempo que queria compartilhar com vocês as informações sobre uma linha de produtos de beleza que descobri, amei e que é fabricada aqui na minha região. Muita gente não sabe, mas aqui no noroeste do Estado de São Paulo existem algumas empresas de cosméticos que têm se tornado cada vez mais conhecidas pelo Brasil. Uma delas, a Truss (que produz cosméticos profissionais para cabelos) até acabou de abrir filial em Miami!

Mas não é da Truss que vou falar hoje. O assunto desse post é maquiagem. Um produto para a pele, mais especificamente. Ele tem altíssima cobertura, disfarça manchas e imperfeições e muita gente anda comparando-o, em termos de performance, aos corretivos Dermacolor da Kryolan. Mas este aqui é da terrinha mesmo, mais precisamente de Penápolis, cidade da Sabrina Sato. É a camuflagem da Makiê, uma linha de corretivos cremosos poderosa.

Se você segue alguns dos perfis bombados de maquiadores que rodam o Brasil dando cursos, já deve ter visto algum deles usando. Pode ser até que você já tenha ouvido falar do produto, mas não saiba de onde ele vem, rsrsrs. Agora, já sabe.

A marca mãe da Makiê chama-se Miriam D´Or e dela eu já tinha visto alguns itens nas Lojas Lívia, a maior rede de perfumaria aqui de Rio Preto, minha cidade. Batons e lápis para o contorno dos olhos estão à venda por ali. Mas a linha Makiê, não. Isso porque ela foi criada para ser vendida em catálogo por representantes que se cadastram no site. Conta com outros produtos além das famosas camuflagens, como paleta de sombraspaleta de pó para contorno, delineadorbatom etc. Mas hoje vou mesmo é contar tudo sobre esses corretivos poderosos.

Descobri as camuflagens depois de vários clientes da Pop Make Up, a minha loja virtual, as indicarem ou solicitarem. Eles diziam maravilhas sobre essa família de corretivos e afirmavam que o custo-benefício era ótimo: que o preço era bem mais em conta que o da marca premium alemã e que, mesmo assim, não deixava nada a desejar.

E foi o que constatei quando escolhei a cor Ivory para testar. Aliás, sobre cores, por enquanto estão disponíveis 12: Snow, Vanilla, Ivory, Caramelo, Canelle, Cacau, Taupe, Ebony, Pecan, Noix, Cover up e Suede (essas suas últimas para manchas de vitiligo e outras diferenças de coloração da pele). De vez em quando, a marca atualiza a paleta, lançando novos tons.

Voltando para a avaliação do produto…

Sua textura é cremosa, mas com consistência bem firme. Em comparação com o Dermacolor, é ainda mais espesso. Para aplicar na pele é indispensável o uso de um diluidor. Eu misturo com o Duraline, da Inglot, pingo duas gotinhas sobre a plaquinha de metal para fazer a alquimia e criar misturinhas de cores. O Duraline, além de diluir, ajuda a tornar o produto à prova d´água. Mas outras opções de cosméticos do gênero, como o Diluidor da Maquiagens da Fand e o Make up Blend da própria Kryolan, também podem cumprir esse papel de tornar o corretivo camuflagem mais maleável e mais fácil de aplicar e esfumar.

Gosto de utilizá-lo para criar os recortes de sobrancelhas que já ensinei neste outro post aqui e também faço a camuflagem de olheiras com ele. Depois de misturado com o diluidor, embebo o pincel (uso o língua de gato para corretivo) com bastante produto e aplico nas áreas desejadas. Aí, esfumo com uma mini esponja de maquiagem inflada com um pouco de água. Uso a esponjinha Mini Miracle roxa da marca Real Techniques. Fica ótimo e a pele parece retocada no Photoshop! Mas, é bom dizer, esse estilo de maquiagem para a pele não é algo para quem gosta de cobertura natural. Mesmo diluído o corretivo camuflagem da Makiê proporciona uma cobertura altíssima.

Aliás, esconde até tatuagem! Para fazer isso, aplico o corretivo sobre o desenho e vou construindo camadas. Ele cobre mesmo. Também não craquela e dura muito na pele!!! Com ele, a maquiagem fica intacta a noite toda. Já testei em peles maduras e funciona bem. Diluído e esfumado, vira quase uma base. Espinhas, manchas na pele, tudo ele disfarça. Vale a pena testar as (quase) mil e uma utilidades deste produto de beleza!

Fiz esse lado da pele (esquerdo na foto) com a camuflagem, ela esconde olheiras e aquela carinha de sono! O tom Ivory realmente funciona bem na minha pele e a cobertura é do jeito que gosto. Virei fã.

Para quem quiser conhecer, fica a dica: os cosméticos da Makiê estão à venda em diversas lojas online e no próprio site da marca.

Fotos: arquivo pessoal Letícia Homsi

 

 

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários