Por que os dermatologistas costumam usar dois tipos de laser diferentes, o Dye Laser e o Nd-YAG, no tratamento da rosácea e da vermelhidão facial? O que cada um deles faz de especial?

Por Maria Cecília Prado em 11/08 | 0 |

A dermatologista Mamy Honda, da Clínica Carla Vidal, em São Paulo, explica como esses equipamentos agem. “O Dye Laser é um pouco menos profundo, pode ser aplicado no rosto todo e costuma dar ótimos resultados em vasos sanguíneos fininhos. Já o  Nd-YAG atinge uma profundidade um pouco maior e é perfeito para combater vasos que têm um diâmetro mais largo. Fazer primeiro algumas sessões do Dye Laser e então tratar os vasos mais resistentes com o Nd-YAG é uma boa alternativa para eliminar a vermelhidão persistente provocada pela rosácea e por alterações vasculares em geral.”

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários