Protetor solar invisível Skelt com efeito primer: testei o Invisible Protection

Por Maria Cecília Prado em 02/12 | 0 |

Maria Cecília Prado testa protetor solar Skelt

É muito provável que você já tenha visto, no Instagram ou em outras mídias sociais, muitas pessoas falando sobre o protetor solar invisível Skelt. A marca acabou de lançar o produto, batizado de Invisible Protection, e convidou várias pessoas para conhecê-lo e divulgá-lo em primeira mão – eu entre elas. Pude avaliar o produto por alguns dias e tive uma ótima surpresa: achei muito bom o desempenho deste novo filtro solar. Então, aceitei a proposta da Skelt e agora vou contar para vocês todas as minhas impressões sobre ele.

AS INOVAÇÕES DO PROTETOR SOLAR INVISÍVEL SKELT

Para começar, achei a ideia por trás do lançamento muito inovadora. Aqui no Brasil temos muitos protetores solares bacanas, mas não conheço nenhum que alie as duas principais qualidades do Invisible Protection: ser transparente e ter efeito primer.

resenha protetor solar invisible protection skelt

Há alguns protetores transparentes no mercado, mas com um toque mais de skincare, de hidratante. E há outros que prometem o efeito primer, mas que são mais esbranquiçadinhos e mais líquidos. Já este tem um sensorial de primer siliconado e é transparente mesmo: você aplica no rosto e não enxerga nada do produto.

Além de parecer um primer, ele também age como esse tipo de cosmético. Deixa a pele com uma textura mais uniforme – fica mais fácil espalhar a base, se você for utilizá-la – e, por ter um efeito blur, dá uma sutil disfarçada nos poros.

Outro benefício deste protetor solar? Por ser invisível, não interfere na cor da pele. Isso significa que não vai esbranquiçar ou acinzentar o rosto de quem é morena ou negra.

E TIRAR O BRILHO, ELE TIRA?

Isso depende. Se você aplicar sobre a pele nua (apenas limpa e tonificada), o produto fica com aspecto sequinho, sim. Mas, no meu caso, que aplico sérum e hidratante antes de entrar com o protetor solar, não achei que houve um controle de brilho muito evidente. Isso, no meu check-list, nem é um defeito: eu gosto de look glow, não curto muito se a pele fica opaca demais. Então, fiquei satisfeita também nesse aspecto.

Ah, quase termino o post sem apontar outros dois fatos importantes relacionados ao Invisible Protection. Um: ele tem FPS 45 e oferece proteção UVA, características adequadas ao uso diário. Dois: é resistente à água, ou seja, pode ser usado para praticar esportes, ir à praia ou se divertir na piscina. Nestes últimos casos, é importante avaliar se o fator de proteção solar é o mais indicado para o seu tipo de pele – pessoas muito clarinhas, quando vão se expor diretamente ao sol, devem dar preferência a FPSs mais altos. E, claro, reaplicar com frequência, como é preciso fazer com todo protetor solar quando a gente transpira muito ou fica em contato com a água por muito tempo.

Por @mceciliaprado

Fotos: Maria Cecília Prado e divulgação Skelt

Este post é uma Ação Beauty Editor – uma parceria publieditorial com uma marca que segue os mesmos critérios de qualidade de todo o restante do site. Para saber mais como funcionam essas ações, clique aqui!

 

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários