Volta ao mundo por meio do perfume: embarque nessa deliciosa viagem!

Perfumes que nos transportam olfativamente para outros destinos

Por Julia Fernandez em 31/08 | 3 |

Cada cantinho do planeta têm um ritual de perfumação diferente. Há culturas que são ultraminimalistas e fazem de tudo para que sua assinatura olfativa não perturbe a narina alheia. Outras, preferem justamente o oposto: quanto mais escandalosa e evidente a fragrância, mais se apegam a ela. Pegue seu passaporte e vamos dar uma voltinha pelo mundo através do perfume!

Brasil
Somos conhecidas pelo amor ao frescor, especialmente pelo que é exalado pelas lavandas e pelas composições com notas florais levinhas – aquelas que permitem a reaplicação em vários momentos do dia. No Nordeste, por exemplo, é comum as mulheres carregarem na bolsa uma refrescante água de colônia. A lavanda, além de ser praticamente o cheirinho nacional, tem uma simbologia importante: refresca e espanta o mau olhado, sem contar que é uma delícia e não tem erro, mesmo se superdosarmos na hora de borrifar. As composições mais modernas, além do frescor, trazem um plus de sofisticação.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-eau-de-leonora

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-forum-lavanda

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-lavande-loccitane-en-provence

Com a cara do Brasil: Eau de Leonora; Forum Eau de Lavanda L’Occitane en Provence Lavande.

França
As francesas não têm medo de notas obscuras, especiadas e mais animálicas. Existe uma relação tranquila entre elas e aquelas fragrâncias com um cheirinho mais ousado, que lembra um pouco o da pele suada (notas de cominho, labdanum e cassis traduzem bem essa sensação). O aroma mais natural, do perfume misturado aos odores corporais, é considerado extremamente sexy e impactante! Acrescente as especiarias para um toque extra de sensualidade e pronto: o efeito é afrodisíaco!

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-rose-31-le-labo

 

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-fracas-robert-piguet

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-shalimar-guerlain

Com a cara da França: Le Labo Rose 31; Robert Piguet Fracas e Guerlain Shalimar.

Estados Unidos
Born in the USA? É muito provável que o seu paladar olfativo seja supertolerante a notas bem doces.  No Estados Unidos, a influência das notas açucaradas começa até antes de a consumidora comprar seu primeiro perfume: sabonetesloções corporais de empresas como Bath and Body Works e Victoria’s Secret (só para ficar em duas clássicas marcas americanas) são uma bomba açucarada. As american girls também adoram um cheirinho limpo (a febre do CK One, por exemplo, começou por lá) e são fãs de florais bem femininos, como Pleasures, de Estée Lauder, e Romance, de Ralph Lauren. Mas, para efeito de criar o nosso perfil aqui, o melhor mesmo é a gente ficar com as notas açucaradas e frutais.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-fantasy-britney-spears

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-sweet-lolita-lempika

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes--lovespell-victoria-s-secret

Com a cara dos EUA: Britney Spears FantasyLolita Lempicka SweetVictoria Secret’s Love Spell

Inglaterra
As inglesas são apaixonadas pelas notas florais. A rosa é considerada a flor nacional (british rose, inclusive, é um termo muito utilizado para classificar uma mulher que seja bonita e tenha uma beleza tipicamente britânica) e também é o símbolo olfativo de várias marcas inglesas. Stella McCartney iniciou sua linha de perfumes com uma fragrância à base de rosa, Jo Malone tem várias composições inspiradas nos jardins ingleses e marcas mais tradicionais, como Penhalighons e Yardley, são conhecidas pelas composições florais. Para se perfumar seguindo o british style, aposte em um jardim florido mais selvagem, com notas de rosa e elementos frescos e verdes em sua composição.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-stella-eau-de-toilette-stella-mcCartney

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-flowerbomb-la-vie-en-rose-viktor-and-rolf

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-red-roses-jo-malone

Com a cara da Inglaterra: Stella McCartney Stella Eau de ToiletteViktor & Rolf Flowerbomb La Vie en Rose e Jo Malone Red Roses.

Arábia Saudita
No Oriente Médio, a paixão pela perfumação atinge seu ponto máximo na Arábia Saudita, onde mulheres fazem o layering (aplicação de camadas e camadas de perfume) com até sete fragrâncias. Seus maridos não ficam para trás: aplicam até cinco fragrâncias de cada vez! As sauditas normalmente começam a sobreposição de aromas utilizando uma base amadeirada de alguma perfumaria local, e por cima aplicam perfumes europeus, preferencialmente florais. Criações que tenham em sua composição a resina amadeirada oud fazem muito sucesso nesse universo de tanta opulência.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-oud-and-bergamot-jo-malone

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-oud-wood-tom-ford

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-oud-acqua-di-parma

Com a cara da Arábia Saudita: Jo Malone Oud & Bergamot, Tom Ford Oud Wood, Acqua di Parma Oud.

India
A idéia de layering, tão idolatrada pelas sauditas, é bastante comum também na Índia. Mas, em vez de bases amadeiradas opulentas, quem ganha espaço são notas de sândalo (que pode muito bem ser considerado o cheirinho nacional), além do patchouli e do vetiver com toques de incenso. Um dueto que tem tudo a ver com esse país? O encontro entre o jasmim e o sândalo, que já aparecem combinados nos perfumes abaixo.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-mon-jasmin-noir-bulgari

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-glam-jasmine-michael-kors

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-boss-nuit-hugo-boss

Com a cara da Índia: Bulgari Mon Jasmin NoirMichael Kors Glam Jasmim e Hugo Boss Boss Nuit.

Japão
No último país da nossa viagem perfumada, o panorama é um completo oposto em relação a qualquer outra parte do mundo. As japonesas são extremamente conscientes de que um cheiro forte pode invadir o “espaço pessoal” de uma outra pessoa e, por este motivo, preferem utilizar perfumes de maneira minimalista ao extremo, ou muitas vezes até se abstêm do uso. É uma sociedade que pensa sempre no coletivo, antes do indivíduo. Um dos segredinhos das japonesas para ter um efeito bem delicado de perfumação é preferir os perfumes para cabelos (algumas marcas possuem uma formulação especial, sem a base alcóolica). Consideram que é uma forma não tão invasiva de expressar a personalidade olfativa.

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-chance-hair-mist-chanel

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-acqua-di-gioia-hair-mist-giorgio-armani

beleza-beauty-editor-blog-das-convidadas-julia-fernandez-volta-ao-mundo-dos-perfumes-plant-inspira-natura copy

Com a cara do Japão: Chanel Chance Parfum Cheveaux, Giorgio Armani Acqua di Gioia Hair MistNatura Plant Inspira.

Comentários

~ comentários Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários