Double cleansing: o ritual de beleza estilo K-beauty de limpar a pele

Por Maria Cecília Prado em 30/05 | 2 |

limpeza pele double cleansing

Já ouviu falar do double cleansing? Esse termo, que vem bombando nos últimos meses nos sites e nas revistas internacionais, se refere a (mais uma) tendência de beleza vinda da Coreia: a que prega o uso de dois produtos diferentes, em sequência, para limpar a pele (e, como consequência, deixá-la mais luminosa e bonita). O objetivo da tática é remover totalmente as impurezas e evitar problemas relacionados à obstrução dos poros, a alergias e a danos causados por partículas de poluição, além de preparar o rosto para receber melhor qualquer tratamento facial que venha a ser aplicado depois.

Mas, vamos por partes. Será que precisamos mesmo fazer essa limpeza toda? Quais são os melhores cosméticos e cosmecêuticos para associar nesse ritual de beleza? E quais os cuidados que se deve tomar para não ir além do indicado na higiene – e, com isso, correr o risco de remover a proteção natural da pele e deixá-la irritada e reativa? Para tirar essas e outras dúvidas, resolvi conversar sobre o double cleansing com três dermatologistas muito bacanas: o Dr. Marco Rocha, referência em pele com acne e pele sensível, o Dr. Luis Eduardo Vila Pascoal, da Clínica Mais Excelência Médica, e o Dr. Gustavo Limongi, especialista de Goiânia que também atende em São Paulo. Deixa eu contar agora o que descobri durante essas trocas de ideias!

O DOUBLE CLEANSING É UMA MODA A QUAL VALE A PENA ADERIR

Os três dermatologistas concordam que essa é uma tendência do bem. Sabe por que? Hoje em dia, por conta de dois motivos principais, nossa pele anda mesmo precisando de uma limpeza mais caprichada.

O primeiro desses motivos é que, comparado a alguns anos atrás, estamos usando mais maquiagem – agregando passos e mais passos à produção do nosso look. Primer, base, corretivo, produtos para colorir (blush, iluminador, bronzant etc.)… Todos esses cosméticos deixam sim o nosso  visual mais sofisticado mas, por melhores que sejam em termos de qualidade, precisam ser bem removidos para não afetar a saúde e a beleza da pele. Uma limpeza simples não costuma dar conta de fazer essa “faxina”.

O segundo é que as micropartículas de poluição suspensas na atmosfera são extremamente danosas à nossa pele. Vários estudos científicos recentes, realizados por grandes universidades e instituições de pesquisa médica internacionais, comprovam que os poluentes produzidos pela queima de combustíveis encontram receptores nas células da epiderme e que, quando uma conexão entre essas micropartículas e as células ocorre, começa a acontecer um processo de oxidação. Efeito dessas ligações perigosas? Pele mais opaca, mais sensível e mais sujeita aos variados processos de envelhecimento. “E até mesmo mais propensa à acne“, alerta o Dr. Marco Rocha. Ele explica que os agentes micropoluentes interagem com gordura retida nos poros, aumentando o risco de haver inflamações. Resumindo, quem mora em cidades onde a poluição é alta (ou seja, todos os grandes centros urbanos do Brasil), deve ter em mente que limpar o rosto com cuidado virou medida de saúde. A técnica do double cleansing pode ser especialmente útil nesse caso.

COMO EXATAMENTE É A TÉCNICA?

O primeiro passo do double cleansing é iniciar a limpeza com um produto de vocação demaquilante que tenha ação delicada. Pode ser um creme de limpeza ou uma água micelar (que podem ou não necessitar de enxágue) ou um óleo demaquilante (que precisa obrigatoriamente ser enxaguado depois). Todos eles têm o poder de remover a maquiagem e o excesso de sebo depositados na camada superficial sem sensibilizar ou irritar a pele.

Minha listinha de produtos de beleza bacanas para essa primeira etapa:

Bioderma agua micelar demaquilante

agua micelar la roche posay

agua micelar avene

agua micelar demaquilante loreal paris

a-) as águas micelares da Bioderma, da La Roche-Posay, da Avène e da L’Oréal Paris;

mac cosmetics oleo demaquilante

oleo demaquilante caudalie

huille demaquilante l'occitane en provence

b-) os óleos e séruns de limpeza Bioré, MAC Cosmetics Cleanse Off Oil Tranquil, Caudalíe Huile de Soin Démaquilante e L’Occitane en Provence Imortelle Huile Demaquilante.

demaquilante cremoso galateis douceur lancome

dior leite demaquilante hydra life

Demaquilantes cremosos ou leitosos eu não costumo usar muito, mas posso contar uma coisa sobre eles: os da Lancôme (como o Galatéis Douceur) e os da Dior (caso do Hydra Life Micelar Milk) costumam fazer bastante sucesso entre as mulheres que preferem esses tipos de textura!

O segundo passo é a boa e velha higiene feita com água e loção ou gel de limpeza com enxágue. Eles irão complementar a limpeza, penetrando um pouco mais profundamente nos poros e removendo os resíduos que ainda restaram. Importante: escolha sempre um produto cuja fórmula não contenha (ou contenha pouquíssimos) agentes detergentes tradicionais. O ideal é que ela inclua outros componentes limpadores mais suaves – uma boa dica dos dermatologistas é procurar por produtos classificados como syndet (ou seja, elaborados com detergentes sintéticos de ação delicada).

Minha listinha de produtos ideais para essa segunda etapa:

gel de limpeza pele sensivel

gel de limpeza profuse

effaclar gel de limpeza

avene cleanance gel

a-) os géis de limpeza Eucerin Gel de Limpeza pH 5, Profuse Nutrel Gel de Limpeza, La Roche-Posay Effaclar Alta Tolerância Gel de Limpeza Suave AntioleosidadeAvène Cleanance Gel (escolha levando em conta o seu tipo de pele, OK?).

cetaphil gel de limpeza facial

espuma de limpeza facial Dior

b-) a loção de limpeza Cetaphil Loção de Limpeza e a mousse de limpeza Dior Hydra Life Lotion to Foam Fresh Cleanser.

E quanto aos cosméticos ou cosmecêuticos com ação mais abrasiva (contendo ácidos, por exemplo), eles não podem ser usados nesse segundo momento? Os dermatos não são muito fãs da ideia. “Como já foi feita uma pré-limpeza anteriormente, trocar a loção ou gel de limpeza suave por uma formulação mais agressiva pode levar a um ressecamento excessivo”, me explicou oDr. Luis Eduardo Vila Pascoal. Ou seja, melhor evitar aqueles que contenham enxofre, alta concentração de ácidos (ou ácidos de efeito mais forte) e também os exfoliantes.

Importante: não é preciso adotar o double cleansing pela manhã, no momento em que você acorda. “O melhor é reservar a técnica para a noite, quando realmente há a necessidade de remover maquiagem e resíduos de poluição,” esclarece o Dr. Gustavo Limongi. E jamais, jamais mesmo – seja no primeiro passo, seja no segundo – friccione demais a pele. Isso pode agredi-la.

Ah, mais um ponto para você levar em conta: se sua pele é muito sensível ou apresenta rosácea, converse com seu dermatologista antes de adotar esse ritual de limpeza estilo K-Beauty. Ele pode avaliar melhor se é ou não ou caso de incluí-lo na sua rotina.

E NÃO TEM EFEITO COLATERAL?

Isso vai depender da maneira que você aderir ao double cleansing. Se seguir as recomendações do tópico anterior, beleza – dificilmente terá um quadro de pele irritada ou oleosa em excesso. Mas se, por outro lado, insistir em utilizar produtos limpadores que geram ressecamento ou então exagerar na dose (repetir o ritual mais do que uma vez por dia), aí sim pode vir a enfrentar problemas. Efeito rebote (a pele começar a fabricar mais óleo para compensar a falta de gordura em sua superfície), vermelhidão e eczema (lesões) são alguns deles.

Para finalizar, um lembrete: deixar o rosto limpo e livre de impurezas é ótimo e saudável, mas tratar dele depois da higiene é igualmente essencial. Seja um hidratante mais leve e básico, seja um antiage mais rico em emolientes e ativos antirrugas, toda pele precisa de algum tipo de tratamento após a  limpeza para recuperar o seu equilíbrio e ficar mais bonita e resistente. Cheque com o seu dermatologista qual é o mais indicado no seu caso e não se esqueça de aplicá-lo depois de fazer o double cleansing.

Fotos: Paschoal Rodrigues para Beauty Editor (modelo / arquivo Beauty Editor) e divulgação marcas (produtos)

Maquiagem modelo: Celso Kamura

Comentários

~ comentários Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários