Tweezerman Curvex ProMaster

Por Maria Cecília Prado em 12/09 | 0 |

Não sou a maior expert do mundo em curvex – é raríssimo eu usar esse tipo acessório de maquiagem. Então, depois de um tempinho tentando avaliar este aqui, da Tweezerman, sozinha, resolvi apelar e pedir ajuda para um amigo que entende bem mais desse assunto, o cabeleireiro e maquiador Wilson Eliodório. Depois de testá-lo juntos, chegamos à conclusão de que é bem bacana em relação a praticamente todos os quesitos. O encaixe para os dedos é largo, acomoda direitinho desde os mais finos, como os meus, aos mais grossos, como os do Wilson. A borracha é perfeita, tem ótimos poder de amortecimento e flexibilidade – o que ajuda a manter os cílios seguros quando se aperta para modelar. E, por fim, o grande diferencial que a marca aponta, é interessante mesmo: o seu bocal tem um desenho menos curvo e mais alongado e, graças a isso, consegue agarrar muito mais fios de uma só pegada. Só há duas ressalvas a fazer. A primeira: exatamente por causa desse design diferente, que tem o olho muito arredondado talvez não se adapte tão bem a este modelo (vai faltar curvatura para envolvê-lo). E a segunda: as hastes do acessório são um pouco mais curtas do que dos modelos comuns. Isso facilita bastante a empunhadura quando a pessoa está usando o curvex em si mesma, mas, por outro lado, dificulta um pouco os movimentos quando se está utilizando o acessório em outra pessoa. Ou seja, talvez seja um modelo mais adequado para a automaquiagem, e menos para a maquiagem profissional.

R$ 245, sephora.com.br
Foto: divulgação Curvex

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários