MAC e Pedro Lourenço: a maquiagem assinada pelo estilista para a marca

Por Maria Cecília Prado em 28/05 | 0 |

beleza-beauty-editor-maquiagem-cores-e-tendencias-colecao-estilista-pedro-lourenco-para-mac-batom-esmalte-blush-abre

Se nós, makemaníacas made in Brazil, já corremos para as lojas da MAC a cada linha de maquiagem que a marca lança, desta vez teremos um motivo extra para atacar a boutique mais próxima (ou o e-commerce da empresa). A partir de amanhã chega às prateleiras, reais e virtuais, a novíssima coleção assinada por Pedro Lourenço. Um marco, já que é a primeira vez que um estilista brasileiro tem a honra de criar produtos em parceria com a grife. E uma alegria por si só, já que tanto as cores como as embalagens são lindas, daquelas nas quais realmente vale a pena investir. Vamos aos detalhes, então.

beleza-beauty-editor-maquiagem-cores-e-tendências-colecao-maquiagem-estilista-pedro-lourenco-para-mac-favoritos-do-estilista

As cores
A coleção é enxuta, mas muito versátil. Inclui quatro batons (todos do tipo Amplified, com acabamento cremoso e brilhante) nas cores Peach Beige (nude claro com fundo rosado), Ruby (vermelho escuro ligeiramente azulado), True Red (vermelho coral vivo) e Roxo (que, apesar do nome, está mais para o vinho). Ainda no departamento boca, há dois brilhos labiais metalizados que trazem um acabamento luxoso para os lábios. São o Gold Mirror (dourado) e o Mirror (prata), que podem ser usados sozinhos ou sobre os batons. Dois esmaltes, um nude com leve brilho chamado Skin (menos dourado do que aparece nas fotos de divulgação) e um vermelho mais para o puro (Flaming Rose). Um blush com dois tons, o Coral (coral + ameixa), um Cream Color Base, o Hush (um pêssego delicado e cintilante que já existe na linha regular da MAC), e um quarteto de sombras em variações de nude, batizado de Nude Quaid (que tem uma nuance que também é regular da marca, a Sable, bronze frio perolado, e outras três inéditas, beges e pêssego). Os queridinhos de Pedro? Ele hesitou um pouco para responder, mas acabou elegendo o batom e o esmalte nude. Estão maiores na foto acima, acompanhados de uma sugestão de look de beleza desenhada no facechart (nesse clique, a cor do esmalte se aproxima mais da realidade).

beleza-beauty-editor-maquiagem-cores-e-tendências-mac-colecao-pedro-lourenco-blush-batom-gloss-esmalte-ok

A experiência
Pedro me contou, durante o encontro de apresentação da coleção, que participou de todo o processo de desenvolvimento e que, além de definir as cores, ajudou a criar as embalagens, que fogem um pouco do padrão habitual da MAC. Elas têm a parte metálica dourada (e não prateada, como ocorre com todos os outros produtos) e uma textura bem diferente no corpo e na tampa: macia, levemente emborrachada, um acabamento que leva o nome de soft touch (os metais dourados já havia aparecido em uma coleção anterior da grife; o soft touch está fazendo sua estreia). Dá para você visualizar um pouco melhor essas diferenças na montagem que fiz logo acima, com alguns produtos em destaque.
E a paleta propriamente dita? As variações de nude são, para quem acompanha a carreira de Pedro, uma constante nas belezas de seus desfiles. Mas os batons vermelhos e vinho, confesso, chamaram minha atenção. De onde essas cores vêm, perguntei? Foram inspiradas pela convivência com a mãe, a também estilista Gloria Coelho, que vive de batom cor de vinho na vida real? Pedro jura que não: esses tons mais fortes, me disse, combinam com seu momento criativo atual. Está usando vermelho em sua moda e gostando de flertar com a ideia de uma mulher de batom vermelho – “um modelo clássico de beleza feminina”, sintetiza. Mas entregou que Gloria pode sim ter tido alguma influência na parceria com a MAC. “Cresci vendo minha mãe usar maquiagem Yves Saint Laurent. Os estojos dourados acabaram ficando associados à beleza de luxo, e foi esse tipo de glamour que quis evocar ao escolher os detalhes dourados para as embalagens.”

beleza-beauty-editor-maquiagem-cores-e-tendências-colecao-maquiagem-estilista-pedro-lourenco-para-mac-pedro-lourenco-e-modelo-

A modelo
E se você achar que a modelo que estampa o poster da linha parece um pouco familiar, está com razão: a imagem meio borrada é de Thairine Garcia, top brasileira escolhida por Pedro para ser a cara de sua coleção. “Conheço a Thairine há quatro anos, desde que ela tinha 12 e eu, 19”, contou durante o evento. Thairine, claro, estava lá para ilustrar ao vivo alguns dos múltiplos efeitos que se pode obter com os lançamentos.

Fotos: divulgação MAC (stills de produtos) e Maria Cecília Prado (facechart + produtos; Thairine Garcia e Pedro Lourenço)

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários