Nádia Tambasco, maquiadora do salão Marcos Proença

Por Maria Cecília Prado em 17/04 | 0 |

beleza-beauty-editor-entrevista-nádia-tambasco-maquiadora-sobrancelha-2

Além de fera nos pincéis, ela é uma verdadeira especialista em corrigir o traçado das sobrancelhas e deixá-las muito mais bonitas e expressivas. Nesta entrevista, a maquiadora Nádia Tambasco, do salão Marcos Proença, em São Paulo, me conta como consertar falhas, o que fazer quando a sobrancelha está fina e qual o melhor jeito de acertar o desenho (com pinça ou com maquiagem) quando se está insatisfeita com ele. Confira!

Maria Cecília Prado: Quais são as queixas mais comuns das suas clientes em relação à sobrancelha?
Nádia Tambasco: Há quatro problemas que se repetem bastante por aqui: elas reclamam de a sobrancelha parecer caída, estar muito arqueada, ter falhas ou então ser fina demais.

MCP: E esses problemas de beleza têm solução?
NT: Alguns são relativamente simples de consertar, outros, mais complicados. Mas uma coisa é certa: dá para melhorar o desenho da sobrancelha em qualquer um desses casos.

MCP: Quem tem falhas deve fazer o quê?
NT: Para começar, precisa resistir à tentação e ficar pelo um mês sem mexer no desenho. A sobrancelha precisa ser cultivada para ficar bonita de novo! Se o pelo está crescendo meio torto, por exemplo, não deve ser retirado com pinça: corte com a tesoura perto da raiz e aguarde ele crescer outra vez. Só quando a sobrancelha volta a ficar cheia é que dá para fazer uma análise realista da situação e então arrumar o que precisa ser arrumado.

MCP: Mas o visual não vai ficar comprometido nesse meio tempo?
NT: Não se você tiver um corretivo em lápis, uma escovinha apropriada e um gel para fixar a sobrancelha (ou mesmo uma máscara para cílios transparente) sempre à mão. Com o corretivo, a dica é maquiar a pele logo abaixo os fios para deixar o arqueado com um aspecto mais leve. Com a escovinha, você coloca os pelos no lugar; e com o gel, consegue mantê-los sob controle ao longo do dia.

MCP: E se houver falhas permanentes, o que dá para fazer?
NT: É possível disfarçá-las criando pelos falsos com lápis para sobrancelha ou sombra marrom. Já se a falha for muito evidente, converse com o dermatologista sobre a possibilidade de usar o medicamento Latisse [da Allergan] na área – ou utilize o  Eyelash Power, da Dermage, que tem ação parecida. Os dois produtos estimulam o crescimento dos fios (os resultados demoram pelo menos um mês para começar a aparecer). Outra solução: fazer uma maquiagem definitiva. Mas essa só recomendo para quem puder contar com o serviço de um profissional de beleza muito experiente na técnica de micropigmentação. É preciso ter mão de artista para obter um resultado natural!

MCP: Para sobrancelha caída, existe remédio?
NT: Isso depende muito da quantidade de pelos que o maquiador tem para trabalhar. Se houver uma quantidade razoável de fios, dá para ir acertando o formato por baixo para deixar a sobrancelha mais reta – ou seja, elimina-se a curvatura acentuada para baixo. Já se os pelos forem mais esparsos, esse recurso não funciona. Minha recomendação: converse com um especialista antes de sair fazendo ajustes sozinha. Aí, depois que ele definir o desenho, você pode cuidar da manutenção em casa.

MCP: Agora vamos analisar o caso da sobrancelha fina…
NT: Caso ela seja fininha por natureza, uma boa opção é não tirar a penugem à sua volta e reforçar o desenho com maquiagem – com isso, cria-se um sombreado que dá a ilusão de a sobrancelha ser mais grossa. Já se a situação for resultado de uma remoção excessiva de pelos, pode-se seguir os mesmos passos que ensinei para recuperar falhas. Mas, vale lembrar, é preciso ter paciência para conseguir resultados – os arcos não vão ficar perfeitos de um dia para o outro.

MCP: Faltou falar da  sobrancelhada arqueada. Quais são os segredos para suavizá-la?
NT: É um trabalho bem delicado, que não recomendo que seja feito em casa… Mas se você insistir mesmo em tentar, comece removendo alguns pelos da ponta interna para diminuir a curvatura no sentido do nariz. Depois, vá limpando sutilmente o traçado pela borda de cima, para deixar o arqueado mais delicado. É para tirar uma fileirinha estreita de fios por vez, hein? Senão, você corre o risco de ficar com a sobrancelha achatada e comprometer a beleza e a harmonia do visual!

Update/setembro 2017: quer saber qual o formato de sobrancelha que está em alta? Então corre para este post aqui!

Foto: arquivo pessoal Maria Cecília Prado

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários