O que é a criolipólise? Para quem esse tratamento é indicado?

Por Maria Cecília Prado em 09/10 | 0 |

A criolipólise usa ar frio para congelar e matar as células de gordura da hipoderme. Descrito assim, parece um pouco radical. Mas, desde que supervisionada por um médico (cirurgião plástico ou dermatologista), é perfeitamente segura.

O profissional encaixa um bocal acrílico, que se assemelha a uma gaveta vazada de um dos lados e com uma tubulação do outro, na área a ser tratada (barriga ou lateral do quadril). A seguir, liga o aparelho, que faz uma sucção bem forte e ao mesmo tempo joga ar supergelado sobre a área que está sendo sugada. A sessão dura uma hora, tempo suficiente para resfriar as células gordurosas sob a pele – isso leva primeiro a seu colapso, depois a sua eliminação.

Eficiente, o tratamento traz uma perda de até 5 cm de circunferência em um período de dois meses (os resultados começam a aparecer depois de 20 dias e vão se acentuando progressivamente). Se o efeito dura? Tudo depende da atitude da paciente após encarar a criolipólise. Se ela mantiver seus hábitos alimentares e não engordar, vai ficar satisfeita por muito tempo. Mas se usar a perda de medidas como desculpa para abusar do cardápio, aí não tem jeito – vai voltar a engordar, ainda que de forma não tão acentuada na região tratada.

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários