Acontece

  • Rafaella Crepaldi: as dicas de beauté da maquiadora Nars

    beleza-beauty-editor-maquiagem-cores-e-tendências-garotas-superpoderosas-da-maquiagem-rafaella-crepaldi-nars-maquiadora-ok

    Minha história
    Até a adolescência, acredite, o máximo que a Rafaella Crepaldi usava de maquiagem era um lápis preto de contorno para os olhos – que ela aplicava antes de dormir (!) para acordar com um borradinho charmoso no dia seguinte. A maquiagem só entrou em seu horizonte quando, aos 17 anos, foi morar em Nova York para estudar artes. Entre cursos de pintura, gravura e fotografia, estágio com uma artista plástica e muitas visitas a museus, começou a desenvolver um outro talento: o de maquiar as colegas de apartamento, que pediam sua ajuda para produzir sua beleza para encontros e eventos. Foi aí que Rafa percebeu que: a-) a maquiagem era importante para construir uma imagem pessoal e transmitir uma mensagem e b-) colorir e ressaltar os traços de uma pessoa também era uma forma de se expressar artisticamente. Os cursos, então, passaram a ser de make-up. E, quando retornou ao Brasil, quase dois anos depois, investiu de vez na carreira – além de fazer faculdade de arte na FAAP (Faculdade Armando Álvares Penteado, em São Paulo), o que já estava em seus planos, formou-se em maquiagem no Senac e começou a trabalhar na área da beleza, como freelancer em empresas e em trabalhos de caracterização em peças teatrais e óperas do Teatro Municipal. Foi contratada pela Nars há dois anos e meio e é responsável por divulgar os produtos, as técnicas e a filosofia da empresa para profissionais e consumidores do Brasil e da América Latina.

    Essencial para um make perfeito é…
    “Lembrar que tudo começa com a aplicação do hidratante”, diz Rafa. “Se você não hidratar a pele corretamente, não conseguirá deixá-la com aspecto saudável e com brilho natural, nem mesmo se usar a melhor base do mundo.” Ela explica que você deve escolher um cosmético que atenda às necessidades da sua pele e que deve passá-lo aos poucos: primeiro, coloque uma quantidade pequena na palma da mão; depois, vá pegando doses homeopáticas e espalhando no rosto área por área. “Quando terminar a aplicação, deve que sentir que a pele está fresca, mas não com excesso de produto.”

    Momento socorro
    Rafaella concorda com a Vanessa Rozan sobre qual seria um dos maiores escorregões cometidos em nome da maquiagem: passar um corretivo mais claro do que a pele tentando esconder as olheiras. “Dá tudo errado: faz o make ficar evidente, aparece na foto, enfeia, em vez de valorizar a beleza.” Ela também lembra que outro erro frequente é utilizar o produto em quantidade exagerada. “Marca linhas, pode deixar a pele craquelada e compromete a naturalidade.”

    Não vivo sem
    Bastões de uso múltiplo são os queridinhos da Rafa. Sim, eles são produtos-estrela da Nars, mas ela gosta deles também por conta de uma herança afetiva. “Lembro da minha mãe, na pressa, passando um mesmo batom nos lábios, nas maçãs no rosto e até na pálpebra, para criar um fundo ligeiramente colorido para o olhar. Ela entrava no carro sem make e, no meio do caminho para um compromisso, montava uma produção inacreditável. Adoro replicar o que ela fazia tendo à mão produtos mais evoluídos.”

    Se você ainda não usa, deveria
    A Rafaella é fanática por hidratante mesmo e, além de elegê-lo como passo essencial do make, ainda o aponta como must-have no nécessaire que vai na bolsa. “Aplico por cima do make, ao longo do dia, para renovar o viço da produção. Também uso na pálpebra, após delinear com um lápis preto ou marrom com um toque cintilante: você dilui o traço com o hidratante e faz, em instantes, um sombreado leve que dá brilho para o olhar.”

    Ela & eu
    O background de artista faz com que nossa entrevistada se conecte com a Nars por um aspecto não tão conhecido por algumas consumidoras: as referências culturais que a marca busca ao criar seus looks e produtos. “Me encanta o fato de volta e meia haver um link com o trabalho de artistas plásticos, por exemplo. Coleções como a de Andy Warhol, lançada quase dois anos atrás, emocionam alguém que, como eu, é ligado a esse universo.”

    Para sempre no nécessaire
    Vamos checar quais são os três produtos da Nars pelos quais Rafa jura amor eterno?

    Bastão de uso múltiplo The Multiple. “Ele é o primeiro da lista, claro. Gosto de vários tons, em especial do Laos, um coral mate, e do Na Pale Coast, de tom bronze. Dão um up na beleza de imediato.”

    Batom-lápis Velvet Matte Lip Pencil. “Os vermelhos, como o Cruella e o Dragon Girl, vivem na minha bolsa. Trazem uma sofisticação muito difícil de se alcançar com outro tipo de produto.”

    Base/hidratante colorido Pure Radiant Tinted Moisturizer. “Imbatível para trazer luminosidade e frescor para a pele. E ainda tem os benefícios de oferecer FPS 30 e conter vitamina C na fórmula.”

    Se eu fosse você
    Além das outras dicas que dividiu com as seguidoras do Beauty Editor ao longo da conversa, a artista da Nars tem um conselho final para dar. “Dê muita atenção para a área dos olhos. Use hidratante para as pálpebras, um corretivo cremoso que também haja como tratamento e ilumine… Capriche mesmo, pois esse cuidado levanta o look e fazer você ficar com cara de descansada.”

    Ama maquiagem e quer sabe mais sobre três outras maquiadoras de sucesso que trabalham para grandes marcas no Brasil? Então leia também os perfis da Vanessa Rozan (ex-Maybelline NY e atualmente na Vult), da Mariana Ishizaka (Benefit) e da Fabiana Gomes (MAC). Você também vai adorar as histórias delas!

    Foto: Christian Parente para Beauty Editor, realizada no salão Galeria, em São Paulo

  • Cabelo liso e com frizz – que produtos ajudam a resolver esse problema?

    O cabeleireiro Evandro Ângelo, do salão CKamura, em São Paulo, tem algumas indicações. “Se o cabelo é liso e tem espessura média ou grossa, indico uma linha completa de tratamento antifrizz que também ajude a controlar o volume.” Ele gosta do xampu, do condicionador e do defrizante termoativado da linha CKamura. “Já se o cabelo é liso e fino, prefiro indicar apenas um leave-in de consistência leve, um protetor térmico de ação antifrizz ou ainda uma cera de finalização com baixa concentração de emolientes. Todos ajudam no controle dos arrepiados sem comprometer o volume.” Seus favoritos: o mesmo defrizante CKamura, o leave-in em soro Liss Perfecteur de Brillance Liss Ultime, da L’Oréal Professionnel, e a cera Texture Touch Dry, da Wella Professionals.

  • Cabelo cacheado precisa de cuidados específicos na hora da coloração?

    A colorista Cleia Ferreira da Silva, do salão CKamura, em São Paulo, diz que sim. “Se você não tomar alguns cuidados, a tintura não espalha direito e o resultado não fica uniforme”, ela explica. As dicas de Cleia para isso não acontecer são duas. A primeira é desembaraçar muito bem o cabelo antes de aplicar a coloração – ela indica fazer isso usando uma escova do tipo raquete, achatada, com cerdas curtas e separadas, para não quebrar os fios. A segunda é separar mechas bem fininhas na hora da aplicação, pois assim é possível  distribuir bem a tinta entre as raízes. Outra dica de Cleia para quem tem cabelo cacheado ou crespo e costuma colori-lo: fazer com frequência tratamentos de cauterização. Dessa forma o cabelo não fica poroso e absorve melhor a tinta, além de ganhar muito mais brilho.

  • Posso usar óleo de tratamento capilar antes de fazer escova, chapinha ou baby-liss?

    Muita calma nessa hora, diria a maioria dos profissionais. Os óleos de tratamento capilar – como o de argan, o de ojon e o de kendi, entre outros – são ótimos para incrementar a máscara de tratamento, dar acabamento (brilho e controle) para as mechas ou até mesmo para proteger os fios da água clorada da piscina (ou da água salgada do mar). Mas nem todos os produtos desse gênero oferecem proteção térmica. Então, se estiver planejando preparar o cabelo com um deles antes de modelar com escova, alisar com chapa ou cachear com baby-liss, confira no rótulo se a fórmula é adequada para isso. Na dúvida, evite.