Blog das convidadas

Vanessa Ventura

As convidadas 1/3

Cacheada assumida e apaixonada por novidades de skincare e de maquiagem, eu vivo a paixão pela beleza desde criança, quando adorava passar creme anti-idade escondido. Além de blogueira de beleza (já conhece o Belícia?), sou formada em RP e pós-graduada em Gestão de Marcas, o que me fez desenvolver um olhar atento para o comportamento das empresas diante de seus consumidores. Será que as marcas já sabem lidar com as mulheres negras e com cabelo afro? No Blog das Convidadas, minha missão é mergulhar fundo nos lançamentos nacionais e internacionais e contar para você o que há de bacana para o nosso segmento. Chega de sofrer para encontrar a base certa ou o creme milagroso!

Minimalismo na beleza: meus novos hábitos

Por Vanessa Ventura em 22/02 | 1 |

Beleza sempre foi o meu “lugar de conforto”. Depois de um dia cansativo, ou então para iniciar uma jornada daquelas, gosto de apostar nos cuidados pessoais para ganhar energias e me sentir bem por fora e por dentro.

Quando comecei a trabalhar com o assunto, no meu blog e aqui no Beauty Editor, encontrei o eldorado de qualquer apaixonada por beauté. E ainda passei a contar com a “desculpa” de que aqueles produtinhos todos tinham a ver com a minha profissão. Então, aproveitava qualquer oportunidade para adquirir um lançamento, mesmo que já tivesse algo muitíssimo parecido no meu arsenal. Isso sem falar nos recebidos, que são maravilhosos (me sinto ganhando presente de Natal cada vez que chega uma caixa do Correio. Amo!). Conclusão: meu estoque andava abarrotado de coisinhas “repetidas”.

Como sou realmente a louca da beleza, muitas vezes deixei de me desapegar de produtos – dando, por exemplo, para parentes ou amigos – simplesmente por amar ter cada um deles perto de mim. Mesmo que não usasse. Mesmo que, no fim, acabasse preferindo sempre as mesmas dez coisinhas de sempre.

Neste ano, decidi adotar uma nova forma de usar a beleza a meu favor. Ainda mantenho uma rotina de skincare, uso maquiagem sempre que vou sair e arrumo meus cachos todos os dias. Porém, consumir desenfreadamente não combina mais com meu estilo de vida: comecei a morar sozinha em janeiro e, na mudança, ficou claro para mim o quanto acumular coisas não faz bem para a vida. Sabe o que é transportar para uma casa nova diversas sacolas de produtos que você sequer utiliza, mas deixou “moscando” por meses na sua prateleira? Pois é.

Fotinha sem make para ilustrar o momento “minimalista” – mas ainda uso maquiagem todo dia, tá?

Essa transformação interna que estou vivendo tem bastante a ver com o Minimalismo, movimento que conquistou muita gente em 2017. Curto a filosofia, mas tenho ressalvas: em termos de beleza, não acho que, necessariamente, é preciso ter um nécessaire enxuto, mas sim funcional. Você pode ter 50 produtos diferentes, mas eles precisam, de fato, ter utilidade na sua rotina de vida, que inclui dia a dia e também momentos especiais.

Nas fotos desse post, resumi a maior parte dos produtos de beleza em uso no momento. Observar o que eu realmente utilizo no dia a dia foi essencial para remodelar minha coleção e entender como consumir melhor, com mais objetividade.

De modo geral, minhas novas táticas são:

– estabeleci “categorias” de produtos que uso sempre e, em vez de abrir vários por vez, escolho um e utilizo até o fim, para só então me abastecer de outro. Por exemplo: no momento, estou aguardando a base Naked, da Urban Decay, terminar (está nos últimos suspiros!) para investir em uma nova.

– Comprando menos, acabo por investir melhor meu dinheiro: em vez de torrar grana em várias novidadezinhas de beauté, junto grana para comprar produtos-chave, que podem custar um pouco mais caro, mas dão resultados melhores. Foi o caso dos produtos de cuidados com a pele da Caudalíe – alguns, inclusive,  pedi a uma amiga para trazer da Itália, onde custam menos.

– A verba tá curta? Antes de comprar aquele lançamento lindo, mas meio desnecessário, confiro se estou precisando de algo que faz parte da rotina – um delineador líquido, um hidratante facial… A prioridade é sempre o que está presente no meu dia a dia. Meu último investimento de beleza foi o delineador líquido Tattoo Liner, da Kat Von D.

– Aproveito promoções para fazer estoque de coisas que uso sempre. Na Black Friday da Sephora, comprei protetor solar, hidratante corporal, sabonete líquido e batom rosa novos, porque são coisas que utilizo com muita frequência e que, naquela oportunidade, podia adquirir com preços ainda mais amigos.

– Mas e como faz pra testar novidades com essa rotina regradinha? Fácil: em vez de repetir sempre as mesmas compras (o mesmo gel, esfoliante, base…), na hora que um produto termina, aproveito para testar um novo. Essa regra só não vale para os “insubstituíveis” do meu kit, como o creme capilar multiuso Trauma Treatment, da L’Anza.

– Sendo blogueira, muitas vezes recebo produtos inesperados. Nesse caso, eles têm dois destinos possíveis: o estoque pessoal ou o desapego. Só vão vale ficar “beliscando”, sem definir o papel dele na minha vida!

Pra mim, minimalismo na beleza é isso. Não tenho pouca coisa, meus cosméticos são numerosos, mas hoje posso dizer que uso todos (ou quase – ainda tem umas coisinhas pra separar e doar…).

Para finalizar, vou resumir meu “kit perfeito” de produtos de beleza.

Para o rosto

– Um hidratante facial leve.

– Um protetor solar. O da vez é o Anthelios Airlicium com cor, da La Roche-Posay, já resenhei aqui para o BE.

– Um sabonete facial.

– Demaquilante para rosto e olhos.

– Um produto de tratamento para a pele, como sérum à base de vitamina C ou ácido hialurônico.

– Uma máscara facial para tratamento semanal. Adoro as de argila ou versões em sachê – dá para experimentar várias opções em um curto espaço de tempo!

Para o corpo

– Um sabonetinho bacana já alegra minha rotina. Gosto de investir nos cheirosos e glicerinados, como os da Natura ou da Granado, ou nos líquidos, como os da Korres.

Hidratante corporal. Uso todo santo dia.

Esfoliante corporal, que uso uma vez na semana (ou quando me lembro) para impedir pelinhos de encravar.

Para o cabelo

– O creme multiuso Trauma, da L’Anzaleave-in, condicionador, máscara de tratamento…), salva meu cabelo, que sofre de abstinência se tento tirá-lo da rotina. Pra mim, ele funciona como praticamente uma categoria – tem realmente várias utilidades!

– Um gelzinho é o melhor parceiro para definir os cachos no dia da lavagem. Atualmente estou usando o da Paul Mitchell, indicação de Ed Santana, meu amigo e cabeleireiro do coração.

– Xampu com sulfato e condicionador co wash. Eu alterno os tipos de lavagem e gosto de ter uma opção de cada.

– Um óleo capilar ou sérum capilar para somar ao creme no dia em que não for utilizar gel, mas quiser reavivar os cachos.

Para a maquiagem

– Uma base pra usar de vez em quando.

Corretivo para todos os dias. Não vivo sem!

Blush também para todos os dias. Estou amando o Cooper, da Mary Kay, mas já tenho estoque de um da Quem Disse, Berenice?, presente da Maria Cecília!

Máscara para cílios e curvex (assim, em dupla) também fazem parte dos meus cuidados diários. Estou nos últimos momentos da minha Bourjois e pretendo testar alguma da Benefit em breve!

– Falando em Benefit, o Ka-Brow, espécie de gel-creme corretor de falhas nas sobrancelhas, é meu queridinho. Vai durar muito tempo ainda!

– Uso iluminador quase todo dia e, para produções mais simples, tenho gostado de aplicar o Strobe Cream tradicional, da MAC.

– Pó para assentar o corretivo é super importante. O meu Amarelão, da Marina Smith, caiu no chão e quebrou dentro do estojo, mas continuo usando mesmo assim (tomando o maior cuidado, claro).

– Alterno o uso de delineador líquido ou lápis de contorno para os olhos (preto ou marrom) para definir um pouco a linha dos cílios superiores. Gosto dos lápis Teddy e Smolder, da MAC.

– Não uso lápis clarinho na linha d’água todos os dias, mas de vez em quando curto adotar o truque. Ganhei essa cor rosadinha da Urban Decay em um presskit da Sephora e gosto bastante!

– Outra coisa que só uso às vezes é uma sombrinha dourada na pálpebra. A que aparece na foto, da Natura Faces, é super prática por ser cremosa – e não derrete!

Pois é, um acervo bem recheado pra uma suposta adepta do minimalismo, eu sei. Mas a graça da vida é adequar tudo às nossas necessidades! Em vez de se forçar a ter uma coleção mínima de produtos (e sofrer por “não poder” variar seu consumo), que tal priorizar a funcionalidade e a qualidade do que estiver na sua bancada ou no seu nécessaire? Juro que vale a pena!

Fotos: Vanessa Ventura

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários