Blog das convidadas

Leticia Homsi

As convidadas 1/3

Sou formada em Negócios da Moda e até já trabalhei na área, para a grife Carlos Miele. Porém, acabei virando repórter de beleza após fazer um estágio na revista ESTILO. Foi nessa época, em 2010, que me dei conta de como já era encantada pelo mundo da beauté. Sempre gostei de testar técnicas para fazer penteados ou maquiagem sozinha, em casa, e há muito tempo sou apaixonada por esmaltes, produtos para o cabelo, lápis, delineador e máscara para cílios. Depois da experiência na ESTILO, escrevi para outras revistas, como ELLE, CLAUDIA e GLOSS. Hoje, cuido do departamento de marketing e sou social media manager de um recém-criado e-commerce de beleza, o Pop Make Up, e continuo colaborando para algumas revistas femininas. Aqui, vou mostrar novidades em serviços e produtos da minha terrinha, São José do Rio Preto – onde fico a maior parte do tempo –, além de contar minhas impressões sobre os lançamentos mais recentes.

Cuidados com a pele mista: produtos para tratar acne tardia

Por Leticia Homsi em 29/09 | 0 |

Produtos para secar espinhas; Blemish + Age Defense, Acnen e Vitacid

Se você acompanha meus posts aqui no Beauty Editor, já leu sobre minha acne tardia e os meus dramas com a oleosidade da pele. Confesso que acho um pouco esquisito dizer “tardia” mas, de fato, no alto dos meus 34 anos, sei que já passei (em tese…) da fase de ter esse problema.

Isso, porém, é um fato recorrente na minha vida. Tenho a pele mista e muitos produtos contribuem para piorar esse quadro. Usar maquiagem ou algum creme, e até mesmo o próprio protetor solar, é uma loteria: sempre pode fazê-la voltar.

Há algumas semanas, fiz um retorno na minha dermato, a Dra. Valéria Sato (aqui de São José do Rio Preto), para acompanhar a evolução das minhas cicatrizes pós operatórias (principalmente a do peito – fiz mamoplastia e coloquei silicone). E a primeira coisa em que ela reparou? Adivinhem… “Você está com acne”, foi logo dizendo minha médica.

Sorte que, com o diagnóstico, veio também a ajuda. Ela revisou meu armamento pesado (rsrs…) para tratar as espinhas e me aconselhou a manter alguns produtos e a incluir outro na minha rotina de skincare. Vou contar para vocês tudo o que tenho usado ultimamente para ganhar essa batalha.

NOVOS CUIDADOS COM A ACNE TARDIA

O Azelan, eu já conhecia faz tempo. Foi indicação da minha médica,  em uma das consultas que fui muitos meses atrás. Mas não tenho usado tanto nos últimos meses, confesso. Sobre o Blemish + Age Defense, da SkinCeuticals, e o Vitacid, acho que ainda não falei mais detalhadamente por aqui – mas vou reparar essa falha neste post. E agora ainda tenho um novo amigo, o Acnen.

Primeiro, deixa eu falar sobre o Blemish + Age Defense, da SkinCeuticals. Eu mantenho há anos esse sérum com ácido salicílico e ácido glicólico no meu arsenal. Sempre que acaba, eu reponho. Isso porque ele é muito poderoso e não só para espinhas;  minimiza pequenas linhas, manchas e marcas. Passo três ou quatro dias por semana, sempre alternados, na zona T do rosto e sobre pontos inflamados.

Quando o tempo está seco e frio, confesso que evito usar, porque a pele já costuma ficar bem ressecada nessa situação (e o produto pode acentuar o problema, além de provocar ardência). Mas, para o verão e os dias quentes, é maravilhoso como cuidado regular (lembrando sempre de usar em dias alternados para não descascar demais)! E, após uma ou duas aplicações, você dá tchau para qualquer espinha que esteja à vista. Ah, vale falar que, apesar de caro, rende muito!

Uma dica valiosa: mantenha a tampinha que vem com o produto e só encaixe o conta-gotas no frasco na hora de dosar/aplicar (e lave-o após fazê-lo). Caso contrário,  você verá a parte superior dele, de borracha, derreter com o passar do tempo. Isso porque, como já diz a embalagem, este é um sérum de alta potência!

ÁCIDO RETINÓICO TAMBÉM ENTRA NO MEU RITUAL

Já o Vitacid, da Theraskin, é um gel que vem em bisnaga. Sua composição é basicamente tretinoína (ácido retinóico), que trata o envelhecimento da pele. Ele também provoca um ardor quando aplicado. Sua textura é de um gel viscoso. É necessário pouco produto (lembrando, aplico apenas na zona T e sobre as espinhas) e, assim como no caso do Blemish + Age Defense, após apenas um ou dois dias de uso a acne some. Importantíssimo: o ácido retinóico sensibiliza a pele ao sol. Então, se estiver usando, jamais esqueça do filtro solar – ou é mancha na certa.

Não é necessário receita para comprar. PORÉM, aconselho você a visitar seu dermatologista antes de usar, para não haver problemas de alergia ou algum outro efeito colateral.

(Gente, fazendo um parênteses no assunto acne para abordar outro que também incomoda: estrias. Depois da cirurgia dos seios, várias estrias vermelhas surgiram  na região e minha dermato me indicou aplicar Vitacid sobre elas por  90 dias. E, voilà! Deu super certo!! As marcas praticamente sumiram! Ou seja, produtinho milagroso esse, hein??)

E O PERÓXIDO DE BENZOÍLA, UM CLÁSSICO, TAMBÉM

Por último, e  claro, não menos importante, o Acnen, da Genom. Desse, eu ainda estou comprovando a eficácia, comecei a usar há cerca de um mês. Sua textura é de uma pomada sequinha e ele não causa tanto ardor na pele (bem menos do que os outros produtos). Basicamente, sua formulação é peróxido de benzoíla a 5%. Atenção, ele é da “tchurma” que descolore roupa de cama. Ou seja, se for usá-lo a noite, prefira uma fronha branca.

Sua vantagem em relação aos outros dois produtos é poder ser aplicado também durante o dia, antes do filtro solar, sem problemas. Não sei se é tão incrível como o Blemish ou o Vitacid, mas, por essa questão de também poder ser utilizado durante o dia, ajuda a acelerar o desaparecimento da acne.  Ou seja, vai se juntar aos meus“básicos” indispensáveis para tratar a acne tardia.

Por @leticiahomsi

Foto: Letícia Homsi para Beauty Editor

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários