Met Gala 2015: nos looks das famosas, a festa foi do batom poderoso!

Por Maria Cecília Prado em 05/05 | 0 |

Depois de uma longa temporada com predomínio dos nudes, parece que as celebridades redescobriram o poder de desfilar no tapete vermelho com lábios de diva. Em vários makes desfilados pelas celebrities no Met Gala 2015 (o baile mais esperado do ano, organizado pelo museu Metropolitan Museum of Art, de Nova York), quem se destacou foi o batom vermelho – ou seus parentes próximos, como nuances de vinho avermelhadas e rosas profundos.

Será que o tema da festa – a China e sua influência na moda – despertou o desejo por um visual mais poderoso? Ou é o inconsciente coletivo – o das estrelas incluso – que anda pedindo por um pouco mais de cor e de drama na maquiagem? Talvez a gente não descubra a resposta, mas uma coisa dá para fazer: se encantar com o resultado! Os cinco lindos beauty looks a seguir giram em torno de um batom impactante e trazem várias boas ideias para usar em uma festa ou balada. Inspire-se, arrisque-se… e aposte no bocão sem medo de errar!

"China: Through The Looking Glass" Costume Institute Benefit Gala

Diane Kruger
Um visual para amar por inteiro, não só pelo batom – que é um vermelho aberto, tomate, com uma pitada de laranja. O olho é perfeito, contrapõe o peso do delineador com a leveza de sombras luminosas e transparentes nos tons marrom médio e perolado. Pele perfeita + pouco blush contribuem para a leveza do resultado. O cabelo surpreende: ondas largas presas de uma forma bem frouxa abaixo da nuca (com um elástico mesmo – o comprimento fica solto, em um rabo de cavalo despojado) e um ramo de flores delicadíssimas funcionando como acessório. Traz ainda mais frescor para o resultado!

"China: Through The Looking Glass" Costume Institute Benefit Gala

Jessica Chastain
Está difícil desapegar da Jessica nos últimos tempos: como ela é linda, meu Deus! E, para ajudar, tudo aqui funcionou bem. O batom é um vermelho puro, clássico – e com acabamento também clássico, mais para o cremoso. A base é mais úmida, o que contribui para deixar a pele com uma aparência resplandecente (e o blush, bem levinho e corado, faz o rubor parecer que vem de dentro, é bem natural). Toques finais do make: sombra dourada na pálpebra móvel inteira e no canto interno do olho (adoro sombra dourada com batom vermelho – forma um combinado superglamouroso e leve ao mesmo tempo!), delineador fininho e cílios postiços. Essa mulher nasceu para ser diva – e o cabelo vintage (um falso curto, feito com a ajuda de grampinhos embutidos) só reforça essa sensação.

"China: Through The Looking Glass" Costume Institute Benefit Gala

Rosie Huntington-Witheley
Luxo em versão plena e absoluta. O batom vermelho queimado, quase vinho, tem acabamento laqueado (China vibes, certamente!). O olho tem um esfumado impreciso, feito com dois tons de marrom (um mais frio no centro da pálpebra, um mais quente nas bordas). Para terminar, uma marcação de contorno light – na medida para definir a ossatura do rosto sem deixar o visual muito oitentinha, muito pesado. Acompanhando uma maquiagem tão elegante assim, um cabelo clean. Outra escolha certeira para deixar o visual poderoso com uma pegada mais leve e moderna.

"China: Through The Looking Glass" Costume Institute Benefit Gala

Amanda Seyfried
Este batom vinho aberto (estamos mudando de paleta aqui!) fica lindo com uma maquiagem deste jeitinho: bem leve, bem delicada, com um esfumado sutil no canto externo do olho – na pálpebra móvel, usa-se apenas uma nuance bege transparente e muito cintilante. O blush fica entre o nude e o rosa antigo e é pincelado de uma forma tão sutil que praticamente não aparece. Penteado? Preso, limpo, com risca no meio. O acabamento é menos brilhante do que no preso de Rosie Huntington-Whiteley – lá, foi usado um finalizador mais gelificado; aqui, spray seco.

"China: Through The Looking Glass" Costume Institute Benefit Gala

Kate Beckinsale
O batom vermelho foi trocado por um rosa escuro, meio framboesa, meio cranberry. Mas o efeito no make é igualmente bombástico – vamos combinar, essa boca tem mil watts de potência! A maquiagem dos olhos está no limite da intensidade: tem um esfumado marrom bem carregadinho no canto externo, mas o dourado claro usado do meio da pálpebra para o canto interno (e que também aparece dando uma iluminada no contorno inferior) entra como um contraponto mais leve, que tira o excesso de peso do sombreado. Em tempo: não posso deixar passar o hair styling anos 1940 revisitado, lindo de morrer. As ondas, apesar de bem definidas, têm mais volume e são mais soltas do que em um penteado à la Rita Hayworth tradicional.

Fotos: Getty Images

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários