Fernanda Souza conta tudo: as dicas de beauté da nova porta voz Niely

Por Maria Cecília Prado em 29/03 | 0 |

beleza-acontece-fernanda-souza-nova-porta-voz-niely-novo-cabelo-castanho-coloracao-cabelo

Duas semanas atrás, a Niely, marca de produtos para cabelo, anunciou que a atriz Fernanda Souza é a nova porta-voz da sua coloração Brilho&Ton. E a gente aqui do Beauty Editor ficou superanimada com a notícia, já que a Fernanda, sabemos faz tempo, é superapaixonada por beleza e tem tudo para ser uma ótima embaixadora da marca. Para contar mais sobre essa parceria, nada como uma entrevista exclusiva com a estrela, não acha? Foi isso que o BE fez – e o resultado da conversa você vai conferir aqui!

Beauty Editor: Você é uma beauty junkie (= louca por produtinhos e expert em beauté) assumida, mas é a primeira vez que assume o papel de porta-voz de uma marca de beleza. O que essa nova experiência vem trazendo para sua vida?
Fernanda Souza: Nossa, estou muito feliz! Que atriz não sonha em ser porta-voz de uma empresa de beleza? Entrar em uma farmácia ou em um supermercado e dar de cara com você mesma em uma caixinha de cosmético é uma experiência superespecial, indescritível!  Me senti honrada com o convite, pois a Niely é uma empresa muito verdadeira e busca porta-vozes que também transmitam verdade. É por isso que nas campanhas quero mostrar a mesma pessoa que meus seguidores vêem no Instagram, no Snapchat, em minhas redes sociais. Continuar sendo a Fernanda que elas conhecem no dia a dia.

BE: Já vimos você com mais de 50 tons de loiro e com variações de castanho. Conta para a gente o que essas mudanças costumam trazer para sua vida e quais foram os momentos mais transformadores relacionados a uma troca de tom?
FS: O cabelo loiro me dá um ar de mulherão que não tem muito a ver com minha personalidade – na vida real, sou muito moleca! Quando estou morena, como agora, me sinto mais jovem. O castanho que escolhemos para marcar minha estreia na marca combinou com o meu tom de pele e realçou a cor dos meus olhos. Todo mundo da minha família amou, pois eu não usava essa cor desde a adolescência, na época em que fazia a Mili, na novela Chiquititas. Mas também tenho um sonho: ser ruiva. Inclusive já comentei isso com a equipe da Niely e estamos começando a trabalhar a ideia. Depois do castanho, que sabe não venha aí uma Fernanda com o cabelo avermelhado?
Quanto ao momento transformador, posso dizer que foi a mudança da Carola (sua personagem em O Profeta, 2006) para a Isadora (Toma Lá, Dá Cá, 2007). Com a Carola, eu tinha um tom próximo à cor que estou hoje e um cabelo de época, curto e com cachinhos. Na sequência encarei uma uma transformação drástica: coloquei um mega hair, fiz outro corte, clareei bastante. Uma supermudança! A de agora também vai ficar na história, eu acho. As pessoas me viram loira durante anos, se acostumaram com aquela imagem que não variava tanto: loiro curto, loiro mais claro, loiro mais escuro… e, de repente, morena, bem morena mesmo. Então, os destaques são essas duas viradas: de morena para loira e de loira, de volta à morena.

BE: Agora que você retornou ao castanho, que tipo de ajuste está fazendo na sua rotina de cuidados com o cabelo (usando mais produtos para dar brilho, por exemplo?)? E na maquiagem?
FS: Normalmente, quando você faz qualquer processo químico, já começa a pensar em hidratar ou em fazer algum outro tipo de tratamento para compensar o dano. Com o produto que estou usando, o Brilho&Ton, não passei por nada disso. Ao contrário, os fios ficaram mais macios do que estavam antes de pintar! E com uma cor bem uniforme. Ficou tão bonito que uma das primeiras fotos que postei em meu Instagram com o look novo teve 99 mil curtidas, um sucesso! Sem contar que apareceram muitos comentários pedindo que eu contasse qual era o tom – o chocolate natural 6.7. Aliás, costumo dizer ao pessoal da Niely que eles resolveram uma questão na minha vida, que é sanar a dúvida de quem me pergunta qual a cor do meu cabelo. Antes, na maioria das vezes, eu nem sabia dizer – só respondia de uma maneira mais genérica, tipo “fiz luzes, é um loiro médio…”. Agora, posso dar a referência certinha!
Sobre o make, a principal mudança é que não estou usando muita sombra ou delineador – tenho feito uma maquiagem mais discreta, pois acho que o cabelo em um tom mais escuro já garante, sozinho, uma imagem forte. Morenas têm uma aparência naturalmente misteriosa… e eu gosto!

BE: Aproveita e conta para a gente quais são suas outras paixonites de beleza no momento? A gente quer partilhar as descobertas mais bacanas que você fez recentemente!
FS: Estou usando um creme para a celulite babado, da Mary Kay, que vem até com um massageador [Fernanda já participou de ações com a empresa e é fã assumida da marca]. E passo com fé, com toda energia! Todo mundo tem um pouquinho de celulite, não é? E é difícil não se importar, nem que seja um pouquinho, com ela. Eu me importo, pois o corpo é uma das minhas ferramentas de trabalho. Por isso cuido mesmo. Quanto à maquiagem, estou amando batons líquidos com efeito mate, como o Vermeli, da Quem Disse, Berenice? E ando viciada em extensões de cílios, não vivo mais sem. Estava cansada de colar cílios postiços, mesmo tendo facilidade para fazer isso. A técnica das extensões, com fios de seda, é incrível, fica muito natural. Estou apaixonada pelo resultado!

Foto: divulgação Niely

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários