Blog das convidadas

Carol Lapenda e Luisa Suassuna

As convidadas 1/3

Nós nos conhecemos num curso do Liceu de Maquiagem, em São Paulo, em 2012. As nossas histórias eram parecidas: estávamos deixando nossas carreiras originais para abraçar a profissão de maquiadora (uma era administradora formada em moda e a outra psicóloga, imaginem!), nossos filhos tinham a mesma idade, ambas éramos nordestinas... Nos conectamos na hora! Mantivemos contato até que em 2014 surgiu a idéia de criar o Maquiagem para Sinceros, um instablog dinâmico que falasse de maquiagem sob a perspectiva do profissional maquiador, coisa rara na internet até então. De lá pra cá, já colhemos ótimos frutos desse trabalho, inclusive o convite para colaborarmos aqui com o Blog das Convidadas do Beauty Editor! Neste espaço vamos contar todas as novidades do mundo da beleza no Nordeste. Se você é daqui também, se jogue nas dicas! E se não é, aproveite para conhecer salões, lojas e dicas que vão além daqueles do eixo Rio-São Paulo – a gente vai adorar falar com você sobre eles.

Batom matte: porque gostei das opções da linha de maquiagem Mary Kay

Por Carol Lapenda e Luisa Suassuna em 09/11 | 0 |

O batom Grazie Violet, roxo impactante…

…e o Fiore Rose, rosa frio. Meus dois novos amigos da Mary Kay!

Batom do tipo matte: eu gosto mas, confesso, sinto um pouco de receio em relação a algumas gamas de cor. Sempre tenho a impressão de que as mais impactantes não vão ficar boas para mim! Mas quem, como eu, tem dúvidas sobre usar nuances chamativas, vai adorar o batom matte da Mary Kay, que foi lançado quase um ano atrás mas que só testei recentemente. É que esse produto de beleza é ótimo em deixar tons roxões, rosões e outros “ões” bem mais usáveis!

Explico: por ter uma cobertura buildable (“construível” ou customizável, em bom português), você pode aplicá-lo de duas maneiras e, assim, obter efeitos diferentes. Se passar uma camada só, ele fica mais translúcido, o que deixa a cor super fácil de usar no dia a dia. Mas, se quiser uma cobertura mais uniforme e densa, é só aplicar mais uma camada que a cor acende mais, fica mais impactante. Sou mais do primeiro time, mas, como profissional da maquiagem (sou maquiadora, acho que você já sabe), gostei bastante da versatilidade que o produto proporciona.

Eu de Grazie Violet…

 

…e aqui de Fiore Rose. Não é que gostei do resultado?

Outro ponto que achei bacana a respeito da alternativa “usar uma cobertura mais leve”: quando adoto essa técnica, um pouco da cor natural dos meus lábios aparece no fundo, o que faz a nuance do batom conversar melhor com o tom da minha pele. Eu tenho bastante dificuldade em achar rosas e roxos que fiquem bem em mim e os dois que venho testando nos últimos meses (Fiore Rose e Grazie Violet) ficaram ótimos, não tive dificuldades em utilizá-los em meus looks de maquiagem.

Um swatch, para você avaliar melhor a textura.

Sobre a textura: ele é bem sequinho, porém fino, então não pesa nos lábios (não traz sensação de incômodo ou de ressecamento). Outro ponto que avalio positivamente no produto.

Nesta linha de batons matte, a marca de beleza oferece 11 cores diferentes. E se eu ainda não tomei coragem de experimentar as superescuras (a Pure Mirtillo, por exemplo), já estou considerando a hipótese de ousar outros pinks e também os vermelhos. Quem sabe não me surpreenda com o efeito deles também?

Por Luisa Suassuna

 

 

Comentários

~ comentário Comentar

  • carregando...
  • Nenhum comentário.
Ver mais 96 comentários